um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

sábado, 4 de maio de 2013

Posso




Posso te falar dos meus sonhos.
E sei que irá acreditar.
Posso te dizer meus medos.
Sei mais ainda que me dará tua mão
Para que eu adormeça bem.
Posso ficar horas te contando minhas histórias.
E ainda assim saberei que faço parte das tuas.
Mesmo que em pensamento.
Mesmo que longe da realidade.
Posso te ligar inúmeras vezes.
Tentando te desejar um bom dia.
Gastar todos meus créditos monetários
(e também de interesse)
Contando meus desejos mais perversos.
E talvez eu apenas ouça
Uma sugestão como resposta.
Posso fingir adormecer
Só para não deixar de respirar seu ar.
Posso morrer durante o gozo.
Só para te satisfazer.
Posso me fantasiar de “Femme Fatale”
Com o intuito de satisfazer tua masculinidade.
Ou ser menina-moça
Só para que sintas a satisfação
De deflorar-me.
Posso coar-te um café, um chá.
E ficar horas ouvindo canções de recordar,
Sentada na cadeira de balanço,
Ao fim da vida.
Posso ecoar ao mundo
Que tive um viver todo bom
Porque meu viver foi teu.
E talvez depois disso tudo
Eu ainda possa morrer feliz,
Sem motivos de arrependimento.
Sem marcas de tortura d’alma.
Tão somente por poder sentir nela
A presença doce que teu amor me causa.
Hoje, amanhã e enquanto houver eternidade...

3 comentários: