um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

sábado, 30 de julho de 2016

Pobre amor de quinta...



Nasci numa quinta-feira.  Talvez o melhor dia para se nascer. Dia de felicidade pela chegada do final de semana. Pelo encontro tão esperado  com a pessoa amada! De contar com o apoio da melhor amiga, depois da farra mal acabada, cheia de desilusão.
Nasci numa quinta-feira.  E ando precisando de muitas quintas para me recompor da sua ausência.  Da sua falta de energia para me acompanhar. Para buscar novas ideias de trazer-lhe até mim. Sem desculpas esfarrapadas. Sem delongas intermináveis que me cansam a paciência e a beleza.
Não sou das mais belas. Mas, esperar por sua vontade é algo que me tira do sério.  Ainda mais em noites de quinta-feira,  quando a semana já chegou ao fim e a expectativa de momentos felizes e diferentes batem à porta quase que incansavelmente.
Adoro você.  Contudo, ando gostando muito mais das surpresas inesperadas.  E você,  desabafando aqui com meus botões,  tem deixado muito a desejar. Tem colocado empecilho, tamanha a sua preguiça em satisfazer-me!
Gosto de atitude. Sou ariana. Gosto profundamente de algo que me sobressalte as  pupilas. E ver sua fisionomia amornada não é algo que esteja me causando êxtase!
Talvez seja o tempo demais em que nos conhecemos.  Talvez a falta dele em nos amarmos com aquela pitada de noz moscada para diferenciar. Podem ser N coisas. Pode ser por minha culpa. Pode ser por culpa sua, também.
O que perturba e cansa é justamente essa calmaria. Esse marasmo. Esse seu comodismo em “deixar rolar” a vida ao meu lado, conforme dá.  Sinceramente,  odeio isso, querido!  Odeio com todas as minhas forças!!!
Ainda mais às quintas, depois de um dia cheio de problemas e percalços.
Hoje é quinta! E se você não veio, sinto muito. Mas, eu irei me divertir. Com ou sem você!
E cuidado: posso gostar dessa brincadeira de sintonizar outros canais que não seja o seu!