um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

terça-feira, 28 de maio de 2013

Doce de Leite



Sou doce de leite cremoso,
Pastoso, docinho.
Venha de colherzinha devorar-me.
Aos poucos, para não enjoar.
Sou bala de leite
Daquelas embrulhadas em papel dourado.
Venha saborear-me no canto da língua
Devagar, para não acabar.
Sou sorvete de casquinha
Com sabor de leite condensado.
Venha me lamber, conforme escorro em suas mãos.
Para depois mordiscar-me
Até o final do sabor.
Sou pudim de padaria
Com calda de caramelo.
Venha me deliciar em pedaços gelados,
Com aquela colher de café, pequenina.
Sou manjar de coco.
Branquinha, mas doce, doce.
Venha buscar meus pedacinhos de coco
Em meio a sua língua.
Sou chocolate branco
Todo provocante.
Venha sorver-me em meio aos lábios
Conforme me derreto toda, lentamente.
Sou bolo de festa
Toda enfeitada com flores de açúcar.
Venha buscar-me em fatias
Para lhe adoçar os pensamentos.
Sou toda docinha.
Como você quiser que eu seja.
Com açúcar, mais encorpada.
Com adoçante, mais leve.
Sou a delícia de ser sua sobremesa.
Em dias de ansiedade sexual
Ou de calmaria de sensações.
Sou seu doce preferido
Feito aos poucos, para não perder o ponto.
Sou doçura para o seu paladar.
Venha me provar.
Antes que eu derreta, que eu açucare.
Antes que eu azede, perca a doçura.
Antes que eu estrague meus beijos, meus desejos
Numa taça de vinho tinto.
Ao som de jazz solitário.
E resolva adormecer sozinha.
Venha me provar.
Garanto lhe elevar a taxa glicêmica
E também seu teor de sensualidade explícita.
Venha!
Mas venha logo, por favor...


Nenhum comentário:

Postar um comentário