um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Palavrão!



Certa vez li numa tabuleta
Que perdoar era divino.
Mas, que mandar para o inferno era sensacional!
E no fundo, há verdade nisso tudo!
Somos bonzinhos, quase angelicais.
E literalmente tomamos na tarraqueta!
Sem direito a vaselina
Para aliviar um pouco a dor.
Deixamos que nos invadam e nos firam.
E, se duvidar, ainda agradecemos!
Coisa de gente boba,
Que não tem boca para nada!
Coisa de gente que precisa aprender
A dizer um não, vez ou outra.
Afinal, não seremos mais ou menos educados
Mandando uns ao inferno, algumas vezes.
Não seremos mais ou menos rebeldes
Deixando de mostrar os dentes
Quando o espírito não quer.
Talvez, demoremos um dia ou dois a mais
Na enorme fila do céu,
Esperando o aval de São Pedro.
Coisa normal, hoje em dia.
Com tantas filas disso e daquilo...
Uma escorregadinha na arte da boa educação...
E o resultado é uma alma mais leve!
Então, encha os pulmões
E ecoe, em alto e bom som:
“Vá dar uma voltinha no inferno!”
“Vá ver se o diabo precisa de alguém para lamber-lhe as botas!”
Lasque-se!
Com todas as lascas do mundo!
Garanto-lhe que funciona!
Espantam intrusos
E garante bons momentos de sossego.
E de paz interior
Não há como não reivindicar!
Mande ao quinto dos infernos!
E se ainda retrucarem,
Dizendo que você é mal educado,
Sorria e responda:
“Relaxe... Um dia nos encontramos por lá!”





Nenhum comentário:

Postar um comentário