um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

domingo, 6 de abril de 2014

Seja!



Vá!
Viva!
O tempo não espera por ninguém!
Hoje você é vida.
Amanhã, matéria morta.
Hoje o sorriso brota.
Amanhã, o cenho enrijece.
Vá!
Seja feliz!
Só há uma forma de sê-lo!
Tente!
A grande chance é de conseguir!
Vá!
Consiga!
Você foi feito para isso!
Para pular obstáculos relativamente significativos.
E porque você ainda tem medo?
O medo é parte integrante da alma humana.
Não obstante, não deve ser personagem principal.
Um coadjuvante, talvez.
Vá!
Saltite!
Feito a criança do vizinho.
Perca a vergonha da infantilidade.
Ser criança certas horas é bom para a alma.
Faz com que as rugas sumam gradativamente.
Sorria! Cantarole!
Perca os tons das notas.
Ou procure entoá-las cada vez melhor.
Só se aprende a entoar, cantando.
Então, cante!
Acorde os vizinhos!
Dê “bom dia” ao padeiro.
E lhe deseje um bom trabalho, também.
Trabalhe com paz na alma, sempre que possível.
As horas passam mais rápido quando se está em paz.
Transmita confiança!
Ser confiável é meio caminho andado no processo de socialização.
Mas, se um dia quiser silêncio, silencie.
O silêncio é prece.
É momento de você com você mesmo.
Diga que sente saudades.
As pessoas gostam de ouvir que são importantes.
Diga-as quanto às amam.
E o quanto seu sorriso é o quê todo especial do dia.
Faça alguém feliz por completo.
E complete-se com a felicidade alheia.
Complete sua escala de tarefas à medida que pode.
Sem aquela afobação dos tempos de juventude.
E sem o marasmo da velhice humana.
Viva cada dia como se o amanhã não houvesse.
Ele na verdade pode não haver.
Não sabemos até onde vai a linha do tempo de cada um.
Ela é incógnita a todo transeunte.
Ou a quase todo.
Excede-se os paranormais, em contato com o além.
Estes talvez tenham um pé no futuro.
Viva! Seja! Evolua!
Somos almas em busca do evoluir.
E só se evolui experienciando!
Só se experiencia indo ao chão, numa queda boba.
Ou dando aquele enorme salto ante do espelho.
Daqueles de se espantar com tamanha desenvoltura.
Experiencie... Exemplifique!
O mundo é feito de exemplos.
Traga em sua índole a consciência de um bom cidadão.
Afinal, fazer o bem aumenta nossos “tijolinhos” no céu...
Seja você!
Com seus defeitos quase que incorrigíveis.
E com suas qualidades quase que incomparáveis.
Seja o agora de alguém.
Seja a saudade, também.
Seja o futuro planejado de quem lhe quer bem.
Seja!
E depois, se sobrar tempo,
Conte para nós parte importante desse viver todo especial...

Nenhum comentário:

Postar um comentário