um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

domingo, 6 de abril de 2014

Estou Ariana!



Estou ariana, hoje!
Ouvindo uma MPB mais eufórica.
Estou ariana...
Toda cheia de ansiedade e impulsividade.
E sabe... Adoro estar assim!
Movida pela adrenalina da inconstância.
Pela loucura da aventura.
Pelo prazer alimentando minhas veias.
Sinto-me bem disposta
A qualquer aposta que me fizerem.
E que venham elas!
Sinto o pulsar do coração mais acelerado.
O correr sanguíneo mais abastecido.
Estou ariana!
De mochila nas costas e fone nos ouvidos.
De cabelo semi preso e blusa meia manga.
Tudo num meio a meio, para não enjoar.
Quando ariana, enjoo-me fácil, fácil das coisas.
Inconstancio à mesma medida que me encanto.
Perco o encanto, num fogo de palha.
Ao mesmo tempo em que lhe jogo no fogo.
E lhe faço queimar do fogo do inferno.
Seja lhe desejando o bem ou o mal.
Não poupo gesticulações e adjetivos para mostrar o que me representa.
Ora lhe prejudico, difamo.
Ora lhe elevo, ascendo.
Para tanto, basta apenas que escolha meu modo de tratamento.
Em dias de estar ariano, sou menos melancólica.
Prefiro os elogios todo explícitos ou demonstrações vivas do que me sente.
E não sinta, para ver!
Transformo sua vida no caos absoluto!
Daqueles de se arrepender amargamente pelo descuido.
Sou cheia dos brilhos a chamar a atenção.
Dos açúcares a adoçar os bigodes.
Da expansão momentânea.
Da saída do sério, quase ao mesmo tempo.
Estou sob a influência de Áries.
E há dias em que tal influência vale a pena.
Deixa minh’alma mais alegre e leve, leve.
Nos outros, fico navegando em águas piscianas.
Para variar um pouquinho.
Para baixar a adrenalina.
Para repensar as impulsividades dos tempos arianos, como agora...

                                                                                                                                                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário