um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Indecisão



Faz-me rir com sua indecisão.
Tão jeitosa essa falta de coragem!
Dá para rir um pouquinho.
Dá para imaginar diversas coisas...
Talvez seja covardia.
Ou talvez falta de jogo de cintura.
Talvez falta de trato com as palavras.
Ou você prefira subentender tudo.
Como sempre o fez.
Como faz com algo que lhe assuste.
Creio eu lhe assustar, então.
Por querer e não querer.
Por elogiar e só.
Assim... Na espreita.
Sem um passo adiante.
Não sou muito das paciências.
Sou das gesticulações todas.
E talvez isso lhe assuste tanto!
Vive no alto do muro,
Espionando ao longe.
Com medo de descer.
E encontrar lá embaixo recepção boa.
Não é adepto a carinhos.
Não por não gostar.
Pela falta de convívio.
Tem medo de sonhar e cair da cama.
Bater a cara no chão e desiludir-se.
Então, pouco sonha.
Controla a ansiedade ao máximo.
E quando não consegue mais, apenas sorri.
Um breve sorriso bonito,
Estampando a dentição alva e contente
Por bater os olhos rapidinhos na saudade.
E quanta saudade deve sentir!
Quanto labirinto encefálico deve cruzar!
Fervilhando nas incógnitas...
Respondendo-as tão somente a si.
Por medo, talvez.
Covardia, quem sabe?
Por teimosia e timidez.
Estampa uma incerteza doida.
Uma felicidade amarelada
Como doente em cama de hospital.
Jura para si tamanho contentamento.
Mas difere isso tudo no olhar.
Não consegue sustentar nos olhos
O que a boca ecoa, todos os dias.
E cai em contradição uma, duas, todas às vezes.
Faz-me rir com sua inconstância.
Num jogo de olha e não olha.
De bem-me-quer, mal-me-quer.
Não sei até onde isso causará sorrisos largos
Ou mesmo de canto de boca.
Mas, é interessante.
Distrai a cabeça e o coração.
Porque a inconstância toda
É sua marca registrada.
Ah! Se é!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário