um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

domingo, 11 de julho de 2010

PELE



PELE

RUA DESERTA,
NEBLINA DA MADRUGADA.
CAMINHO SEM RUMO
SEM EIRA, NEM BEIRA
NO MEIO DAS RUAS,
NO MEIO DOS CARROS.
SINTO O FRIO CORTAR
MINHA PELE, MAS
QUASE NÃO SINTO
NADA, ALÉM DISSO.
HÁ DIAS, DEIXEI TUDO
EM BUSCA DE UM ALGUÉM,
DE UM NINGUÉM ESPECIAL.
UMA DESILUSÃO AMOROSA
CHEIA DE ESPINHOS, SEM ROSAS
PARA GUARDAR NO CORAÇÃO...
ANDO SOLITÁRIO, AO LÉU,
UM NAVIO À DERIVA
SEM FAROL A ACOLHER.
SUA LUZ FOI EMBORA,
DEIXOU MEU PEITO TRISTE.
QUERIA GRITAR, MAS O FRIO
É INTENSO DEMAIS
E SEI QUE JÁ ME FALTAM
FORÇAS PARA ISSO.
AMO TUA PELE, TEU SUOR
TUA SALIVA PENETRANDO
EM MEU EGO MAIS PROFUNDO.
CONTUDO, AMAR TUA CARNE
FOI ALGO IMPOSSÍVEL
FORA DE COGITAÇÃO, EU DIRIA.
DEVIA TER PENSADO
NAQUELES OLHOS PEQUENOS,
MAREJADOS PELA SAUDADE,
UMA SAUDADE DE CORTAR
A ALMA MAIS SUJA
QUE POSSA EXISTIR.
ESTOU AQUI, FUGINDO,
NAS RUAS,
DE ALGO QUE CORTA,
SANGRA, ABRE FERIDA.
TALVEZ VOCÊ SE LEMBRE
DOS MOMENTOS DE INSANIDADE,
DESEJO ABSOLUTO
MARCADO NA PELE
POR AQUELA TATUAGEM.
HOJE SÓ ME RESTA ELA,
E A ANGÚSTIA DE
NÃO TER MAIS NINGUÉM
ALÉM DOS CARROS E
DO FRIO INTENSO
QUE, APESAR DE CORTAR,
ALIVIA UM POUCO ESSA MINHA
CULPA POR EU TER ESCOLHIDO TUA PELE,
AO INVÉS DE MIM...

Um comentário:

  1. Aplausos Amiga!


    Parece que ainda dói sentimentos de culpa por não esperar o amor vir ou deixá-lo ter ficado!

    curto muito seus escritos!

    beijos

    ResponderExcluir