um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Loba



Escorre pelos seios,
Salivando sua presa.
Fazia tempo que não me visitava!
Veio caçador e fiz-me caça.
Mas, confesso não me opor.
Gosto da sua respiração ofegante e quente em minha pele.
E ofego também a minha,
Conforme me põe ao seu deleite.
De leite nas curvas, branquinha...
Perco a pouca compostura que me resta.
O contraste físico é notório.
Tateável a qualquer pessoa.
Distintos e instintivos,
Somos capazes de penetrar no outro sem um toque.
Despe-me com os olhos.
Lambe minhas qualidades.
Põe meus defeitos em vasos coloridos.
Atiça a vontade de ficar de pernas ao ar.
E faz comigo o que bem entende.
Submissa ou dominadora,
Ora sou sua presa, ora não.
Percorro seus centímetros.
E espero que percorra os meus.
Mas, não é sempre que lhe tenho.
Divido você com ela.
O prazer da experiência
Disputado com a satisfação da novidade.
Busca a mim, toda loba, experiente.
E a ela, sua ninfeta dos prazeres.
Beija a mim, e ela nem liga.
Beija-a, e eu morro de ciúmes.
Diz-se ser das duas.
E eu, por gostar-lhe, aceito tal condição.
Porém, percorre em meus vasos sanguíneos a raiva.
Sempre fora só meu!
Até ela aparecer em sua porta, toda menina.
E, encantado, logo a seduziu.
Boba quase nada, ela retribuiu.
E enfeitiçou seu desejo.
Preciso reordenar seus pensamentos.
Fazer com que busque a mim, e tão somente a mim.
Como sempre fora.
Como sempre gostara.
Meu, sem disputas...
Nem meretrizes de pouca idade.
Toda sua, completamente meu!
Não há como negar o desejo.
Está ligado à pele.
E ela, colada a você.
Quando dá...
Quando você vem, aparece.
Precisa visitar-me mais vezes.
Ou enlouquecerei, sabendo que é com ela
Com quem cavalga as suas melhores trilhas.

Que é nela em que penetra seu melhor sêmen...

Nenhum comentário:

Postar um comentário