um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Conhecedores & Idiotas




É preciso ser racional. É preciso saber das coisas. É preciso ser preciso, É preciso ser imortal!
Mas, quando há precisão dos saberes, não se pode precisar. Não se deve olhar o mundo com sentimentos humanos. Somente com olhares técnicos, impossíveis de errar! Caso erremos, somos imprecisos e indecisos... Deveríamos ter analisado tudo com um modo quase que sobrenatural, de tão mecanizado!
E até quando teremos que seguir as regras, para sermos considerados bons? Até explodirmos numa fúria inesperada, taxada de estresse do cotidiano?
Vivemos amarrados a decisões que não firam os outros, que não saiam do rotineiro, para que não cause estranheza e aspereza alguma em quem nos cerca.
E enquanto isso somos engolidos por nossa própria consciência. Vivemos duelando com o que aprendemos como certo na infância - e que de nada serve na fase adulta. Somos ignorantes, ignorados em cada conhecimento a mais que possuímos. Devemos ser como a maioria, que mal sabe para que serve o dicionário, além de peso-de-porta.
Somos vistos e bem-quistos à medida da necessidade alheia. Se somos úteis, muito que bem. Se não o somos, podemos ser rapidamente substituídos por qualquer outra máquina imbecil, capaz de não sobrecarregar as suas emergias, que seja capaz de apertar os botões de start/ delete, nada além disso.Porque se essa máquina imbecil souber para que serve o F5, ela será audaciosa demais para ser humana. Deve ser contida à sua relevância inútil, para qual fora designada. 
Vivemos em um mundo onde a palavra é inerte. Deve permanecer imóvel, sem que seja notada como algo a mais a acrescentar. O acréscimo é inútil,. idiota!
E são os idiotas que resolvem os problemas, que salvam o dia dos bons homens, cheios de razão! São os imbecis que sabem mais do que deveriam, que ensinam como fazer as coisas pelo caminho certo, sem demorar horas lendo manuais e relatórios de como se faz isso ou aquilo! São os irracionais que acabam pondo tudo sobre a mesa, pronto, em cinco minutos após o pedido...
Os irracionais idiotas que fazem o que os bons de boca se acham no direito de mandar e desmandar... Porque só dizer "FAÇA!" é tão pequeno quanto lamber o próprio nariz, em frente ao espelho. É algo sem valor, porque o valor das coisas vai no tostão que se tem, no nariz que se empina, no conhecimento que se acha que tem... Porque sabe-se ler uma bula de xarope.
Quero ver esses mesmos boazudos racionais conseguirem decifrar incógnitas, enigmas ou interpretar algo que não o próprio receituário?
Isso é parte do trabalho dos que irracionalmente aprendem que ou se faz tudo com excelência e com o coração; ou nos propomos a fazer nada, além de fezes no vaso sanitário, às seis da matina!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário