um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Tormenta



Perdoe-me se lhe atormento a alma.
Faço isso sem intenção.
Ou talvez, intenciono-me delicadamente.
Mas, tal intenção não parte de meus pensares.
Parte de meus olhares.
Parte de meus odores suaves.
Parte de meus gestos sutis.
Parte de meus quereres discretos.
Parte de mim a você.
E esse partir faz de mim ora grande, ora frágil criatura.
Atormentas minh’alma.
E esse tormento todo me tira o sono, madrugada afora.
Faz com que eu acorde sorrindo... Suando.
Faz com que eu abra e feche meus olhos bem rapidinhos,
Só para que eu volte a adormecer,
Sentindo na pele o ouriçar dos pelos,
Mesmo que subconscientemente.
Gosto de atormentar-lhe aos poucos...
Como se estivesse adoçando seu viver
Torrão por torrão...
Todavia... Essa tormenta toda
Confunde-me, confunde-lhe.
Faz de você gato arredio, certas vezes.
Noutras, cão fiel e submisso.
E de mim... Ah! O que dizer-lhe?
Somente que amo essa mistura de sentimentos,
De sensações, de quereres.
Amo delicadamente.
Mas, amo.
E o ato de amar essa tortura suave, sutil
Faz de mim gata, menina moça, perversa, quase diabólica.
Embora queira ser o que você quiser que eu seja.
Serei o que você quiser, mesmo quando nos imagino...
Madrugada afora, dia após dia...
Sou tormenta, calmaria... confusão.
Mas tudo isso faz com que minhas conexões mentais
Trabalhem freneticamente
Tentando compreender se essa tormenta
Passa por seus poros, suas veias, alvéolos e capilares,
Na mesma intensidade com que me tira o sossego.
Um dia, saberei.
Por hora, gosto de sentir tudo isso.
Gosto de sentir você aqui pertinho,
Mesmo que seja assim... Sem essa certeza toda!...


3 comentários:

  1. nossa quase perdi o folego...respirei fundo rsrs foi bom de ler muitooo bom!

    ResponderExcluir
  2. So uma alma serena e grandioza como sua,para entender e compreender o querer e amar do ser humano, no seu mais profundo querer!Obrigado por nos proporcionar momentos como esse que acalentam a alma.

    Meire

    ResponderExcluir