um pouco mais sobre mim...

Minha foto
Casada, escritora, com a alma rodeada de perguntas... Amo meu marido, minha família e meus animais de estimação. Sou um pouco ansiosa, gosto de tudo o que faz bem. Amo escrever... Isso faz de mim elo com os sentimentos que me consomem e que vagam por entre as pessoas. Sou uma pessoa extremamente intuitiva, que adora ouvir música (extremamente seletiva quanto a isso), que ama escrever, que faz do amor sua fonte de energia vital... Sempre!

sábado, 26 de maio de 2012

O Casório





É noite de festa!
E todos estão à espera
Da grande quadrilha...
Ao longe, na panela,
O som do “pic-poc”
Vai enchendo de alegria
O sanfoneiro,
Que todo festeiro,
Chama de “dona moça”
A vovó do padre
Que casa, lá embaixo,
O bêbado e a bigoduda!
Acendem-se as luzes
E ao som da sanfona e do triângulo
A zabumba entoa canções
De requebrar o esqueleto...
É noite de festa.
Noite de pôr o vestido rendado.
De enfeitar os cabelos com laço de fita.
Costurar a camisa de missa
Só para chamegar
A dona mais bonita
Do Arraiá de Santo Antonio
Santo bom, casamenteiro,
Tão alegre, prisioneiro
Das madames encalhadas
Que com suas gargalhadas
O afogam em copo d’água
Só por causa de marido.
E agora aqui comigo
Deixo as prosas e os versos
Troco as roupas e os chinelos
E vou-me embora lá para o terreiro
Ver se o pobre sanfoneiro
Todo bom de bico
Não faz siricutico
Quando dança com a vovó
E ver se o bom padre
Realiza com vontade
Esse casório da Filó
Que já segue encalhada
Só porque vive descuidada
Lá na Rua do Cipó.
Mas agora vai se casar
E o noivo, meio “alegre”
Há de endireitar.
Nem que seja para ela
Colocar uma fivela
No litro de água ardente
E deixar um chocolate quente
À espera de seu amado
Que segue todo apaixonado, todo feliz...
E assim os fogos estouram no céu.
Venham... Venham todos!
Que já já tudo termina
E a vovó Felisbina
Vai com o sanfoneiro
Lá para a “Casa do Chapéu”,
Toda faceira, toda manhosa,
Encantada com a rosa
Que ganhou do Beleléu.
E assim segue a dança
Toda cheia de festança
Na noite de Santo Antonio...
É festa junina, minha gente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário